VERÃO 2020

Comitiva da Aprasc fiscaliza condições de trabalho de policiais e bombeiros

Grupo circulou pelas praias do litoral de SC durante a Operação Veraneio

Foto: Divulgação/Aprasc

Uma comitiva da Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc) está rodando o litoral catarinense para checar as condições de trabalho de policiais e bombeiros durante a Operação Veraneio. O grupo visitou praias em Florianópolis e constatou falta de equipamentos, armas e viaturas para os policiais que atuam no Norte da Ilha. Tradicionalmente a Operação aumenta o efetivo para auxiliar na segurança em cidades litorâneas, mas o aumento de pessoal também demanda infraestrutura. 

Nos postos de guarda-vidas, a reclamação também é a falta de infraestrutura em alguns locais. Faltam equipamentos e banheiro para o uso dos profissionais. Os comandos gerais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar foram informados das demandas.

Durante o roteiro, os diretores visitam batalhões da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar e postos de guarda-vidas. Na praia de Jurerê Internacional, por exemplo, falta estrutura para realizar o trabalho dos salva-vidas, que reclamam da falta de banheiro e de equipamentos. 

Na Joaquina, os profissionais também sofrem com falta de um banheiro em condições de uso, problema que se repete em outros locais. A falta de efetivo também foi citada. 

A comitiva da Aprasc é liderada pelo presidente, João Carlos Pawlick, e pelos diretores Pedro Paulo Rezena, Arlindo Polli e Paulo Cesar Aguieiras.



Divulgação/Aprasc/





mais sobre:

Geral Aprasc




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br