coronavírus

Cirurgias eletivas de média e alta complexidade permanecem suspensas até 15 de abril

Foto: Mauricio Vieira/Secom

Antes da exoneração oficial, o ex-secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, assinou três portarias que prorrogam a suspensão de cirurgias de média e alta complexidade, consultas e exames eletivos em Santa Catarina até 15 de abril. 

A medida prevê que as unidades hospitalares estaduais, administradas por Organizações Sociais, contratualizadas sob gestão estadual ou municipal - como hospitais filantrópicos, por exemplo -  suspendam realização de cirurgias eletivas de média e alta complexidade, consultas e exames eletivos. A realização dos procedimentos cirúrgicos de média e alta complexidade de urgência e emergência permanece autorizada normalmente.

Em unidades privadas, a regra é mais branda. Ficam suspensas apenas as cirurgias eletivas de média e alta complexidade - especialmente aqueles que são realizadas sob anestesia geral ou demandem uso de anestésico ou sedativo. Procedimentos cirúrgicos de urgência ou 'tempo sensíveis' permanecem autorizados.

O objetivo da medida é evitar a ocupação de leitos de UTI por pacientes que realizaram cirurgias e poupar estoques de sedativos. 






logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br