oportunidade

Alesc recebe jovens estagiários via programa de inclusão social

Estudantes terão ingresso pelo Programa Antonieta de Barros, que completa 15 anos em 2019

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), deputado Júlio Garcia (PSD), dará as boas-vindas, nesta quinta-feira às 19h, a 22 estagiários, jovens em situação de vulnerabilidade social, que trabalharão na Casa através do Programa Antonieta de Barros (PAB). Já são cerca de 400 alunos beneficiados desde 2004 no programa de inclusão social.

E 2019 marca os 15 anos do PAB, instituído pela Lei Estadual nº 13.075/2004, e da parceria de sucesso entre a instituição estadual e a Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos da UFSC (Fepese), responsável pela seleção e pela supervisão dos jovens. A Fepese já efetivou mais de 17 mil estágios e atendeu cerca de 5.700 clientes desde que criou a sua Agência Integradora de Estágios, nos anos 1990.

O PAB é reconhecido pela sociedade catarinense como uma importante política de ação afirmativa no âmbito do Poder Legislativo, e ao inserir jovens em um contexto social e cultural diferente do usual proporciona treinamento e oportunidades de acesso ao mercado de trabalho formal. Para ingressar no programa o jovem deve ter entre 16 e 24 anos, estar regularmente matriculado no ensino médio, técnico ou superior, ter renda familiar até dois salários mínimos e meio, além de estar em situação de vulnerabilidade social.

"A parceria entre Alesc e Fepese vem sendo de grande êxito nestes longos anos. A fundação vai além da prestação de serviço e se diferencia por possuir um olhar primoroso a respeito de nosso programa refletindo seu apoio incondicional nestes últimos anos", afirma a coordenadora de Estágios Especiais da Alesc, Miriam Lopes.



mais sobre:

Geral Alesc Fepese




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br