estagnado

Transportes puxa alta no setor de serviços em SC

01 Julho 2019 08:48:00

Mesmo com avanço nominal, sensação é de que não há crescimento, diz presidente da Fetrancesc

Foto: Murici Balbinot
A tabela do frete tem causado muitos problemas, diz Rabaiolli

Entre janeiro e abril, o setor de transportes foi o que mais cresceu dentro do ramo de serviços em Santa Catarina, segundo dados do IBGE. A variação de volume do segmento foi positiva em 6,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Apesar da alta nominal, o setor não sentiu melhora. 

"O transporte sempre cresceu acima do PIB. Considerando que a economia não está andando, este é um bom crescimento", disse o presidente da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc), Ari Rabaiolli. Apesar disso, afirma, a sensação é de que não há crescimento. 

No primeiro quadrimestre, o aumento de receita foi de 10,8%, bem acima do desempenho de outros serviços, como serviços prestados à família (-1,1%), serviços profissionais e administrativos (-1,5%), e serviços de informação e comunicação (5,1%). A média catarinense foi de 5,7%. 

Para Rabaiolli, a causa é a tabela do frete, aprovada após a greve dos caminhoneiros. Ele atribui o aumento dos percentuais à fixação de um valor mínimo, com elevação dos preços, e não necessariamente de um avanço real. "Do contrário, não faria sentido. O setor é um termômetro. Se a economia não cresce os transportes também não crescem". 

Apesar de trazer benefícios, diz, a tabela ainda precisa de muitas correções. A ANTT está discutido o assunto e deve propor um novo modelo a partir de julho.

mais sobre:

Economia Fetrancesc



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br