crédito rural

Sicoob vai disponibilizar R$ 14 bilhões para o Plano Safra 2019/2020

Montante é 16% maior em relação à safra passada. Cooperativa é a terceira maior instituição financeira em financiamento rural

Foto: Felipe Götz/Jornal O Celeiro
São R$ 8,2 bilhões disponíveis para gastos com custeio, R$ 5 bilhões para investimentos e R$ 800 milhões para comercialização

O Sicoob disponibilizará R$ 14 bilhões para custeio, investimento, e comercialização da produção em todo o país na safra 2019/2020. Os recursos serão liberados via Plano Safra e representam um aumento de 16% em relação à safra passada. 

São R$ 8,2 bilhões disponíveis para gastos com custeio, R$ 5 bilhões para investimentos e R$ 800 milhões para comercialização. Com o aumento, o Sicoob se consolidou como terceiro maior financiador da produção rural entre todas as instituições financeiras do país. 

Essa é a primeira vez em 20 anos que é lançado um único Plano Safra, que atenderá pequenos, médios e grandes produtores juntos. No total, o Plano prevê R$ 225,59 bilhões para apoiar a produção agropecuária nacional. São R$ 222,74 bilhões destinados ao crédito rural (custeio, comercialização, industrialização e investimentos), R$ 1 bilhão para o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) e R$ 1,85 bilhão para apoio à comercialização.

O financiamento do crédito rural estimula os investimentos e o ritmo do mercado econômico. Os recursos subsidiados com baixo custo são destinados ao produtor para o desenvolvimento e aprimoramento das atividades rurais como reformas nas propriedades, plantio, manutenção do plantel de animais, aquisições, ampliação, diversificação e modernização da produção, mantendo, assim, o setor do agronegócio aquecido.

O Sicoob está lançando também um concurso que visa premiar produtores rurais financiados pela cooperativa que praticam uma produção sustentável no tripé econômico, social e ambiental. As cooperativas do Sicoob avaliarão os produtores, que serão reconhecidos em cerimônia realizada em Brasília, ao final da safra.

Além do Plano Safra, a cooperativa também vai liberar recursos via BNDES, Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) e Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé).


mais sobre:

Geral Economia Sicoob




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br