investimento

SCGÁS investirá R$ 12 milhões para ampliar rede em direção à Serra

Rede de distribuição de gás natural deve chegar a Trombudo Central até o final do ano. Obras acontecem ao longo da BR-470

A SCGÁS deu início em maio às obras da primeira fase da quarta etapa do Serra Catarinense, um dos maiores projetos de ampliação da infraestrutura de distribuição de gás natural em execução no Brasil. Ao todo serão implantados 12 quilômetros de gasodutos do trevo de acesso de Laurentino ao trevo de acesso de Trombudo Central. Os investimentos direcionados para o trecho são de cerca de R$ 12 milhões com previsão de conclusão ainda neste ano. 

Os trabalhos são realizados entre o Km 150 e o Km 162 da BR-470, à margem da rodovia federal. Foram realizadas análises dos pontos mais críticos da rodovia, a partir da preocupação com o trânsito de veículos, pedestres e ciclistas. Por conta disso, os trechos serão devidamente sinalizados, conforme os padrões definidos pelo DNIT com participação da PRF, para orientar os motoristas a trafegarem com atenção visando garantir a segurança de toda a população.

A Companhia planeja dar início ainda em agosto à segunda fase dessa etapa, que consiste na implantação de 22 quilômetros de rede de distribuição de Trombudo Central a Pouso Redondo. O contrato está assinado, carecendo de mobilização, e as obras desse trecho devem ser finalizadas em 2020.

O gasoduto estruturante atende clientes industriais e postos de GNV ao longo da BR-470 e possibilitará a saturação de novos clientes futuramente na região. "O gás natural tem se mostrado indispensável no aumento da competitividade e produtividade empresarial, na geração de emprego e renda e, consequentemente, para o desenvolvimento econômico dos municípios catarinenses", pondera o presidente da SCGÁS, Willian Anderson Lehmkuhl.

Projeto Serra Catarinense

Idealizado para promover a interiorização e democratização da oferta do gás natural em Santa Catarina, o Serra Catarinense começou a ser executado em 2012. A primeira etapa contemplou os municípios de Indaial e Ascurra, enquanto a segunda fase seguiu até Ibirama. Na terceira etapa, finalizada em 2016, a implantação dos gasodutos avançou até a cidade de Rio do Sul. Agora o projeto segue em direção ao planalto serrano - a fase final levará a rede de distribuição até o município de Lages, passando por 16 cidades ao todo. Até 2018, considerando a implantação de redes estruturantes e a ligação de clientes, a SCGÁS investiu R$ 97,2 milhões para a execução do projeto.

mais sobre:

SCGÁS Economia




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br