mercado externo

SC exportou 254 milhões de toneladas de carne suína em 2017

08 Janeiro 2018 14:24:00

Volume teve queda de -0,29% em relação a 2016

O Estado de Santa Catarina continua liderando as exportações de carne suína brasileira. Entre Em 2017, a região embarcou mais de 260 mil de toneladas, o valor teve uma leve queda de -0,29% se comparado aos de 2016. Em receita o Estado também se mantém na liderança brasileira, o resultado representa US$ 590 milhões, um crescimento de 14% em relação a 2016 (US$ 513 milhões). 

Segunda maior exportação de carne suína, o Rio Grande do Sul apresentou um resultado com leve queda, com embarcações que totalizaram 187 mil toneladas, caindo 8% se comparado as 203 mil toneladas embarcados em 2016. Contudo, em receita o valor foi positivo, com crescimento de 9%, chegando aos valores de US$ 463 milhões, ante os US$ 425 milhões registrados em 2016.

De acordo com estimativas da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), há uma expectativa de crescimento de até 5% no volume de exportações de carne suína para 2018. A retomada do mercado russo, a abertura do mercado peruano e o forte ritmo de importações da África do Sul são os principais fatores para a elevação destes níveis, que devem se aproximar dos 732 mil toneladas alcançados em 2016. Segundo a associação, a retomada de negociações com a Rússia deverá ocorrer em breve, aumentando a demanda de carne suína para o país com a realização da Copa do Mundo.

O mercado da Coreia do Sul também está nos planos do Brasil, "espera-se que os embarques de carne suína para a Coreia do Sul aconteçam ainda em 2018, com a conclusão dos certificados sanitários para as plantas habilitadas", afirmou a ABPA. Atrelado a isso, o setor conta com a abertura do mercado peruano em 2018 e com o forte mercado importador da África do Sul, ressalta a Associação.






logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br