Indústria

Produção industrial brasileira acumula retração de 1,1% em 2019

Baixa no setor extrativista é um dos principais motivos para queda. Na contramão, setor de alimentos apresenta índices positivos

Foto: Divulgação/Fiesc
Fabricação de produtos alimentícios cresceu 12,3% em outubro

A produção industrial brasileira acumula queda de 1,1% em 2019, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (4). De acordo com o estudo, o setor industrial encolheu em 15 dos 26 ramos pesquisados e em 51% dos itens produzidos.

Entre os setores que encolheram estão a indústria extrativista (-9,5%), a produção de têxteis (-1,7%), de fármacos (-2,5%), e metalurgia (-1,6%). Na contramão estão os produtos de metal (+5,4%), fabricação de bebidas (+3,5%), de veículos (+2,8%), e de alimentos (+1,6%).

A média brasileira está bem abaixo do acumulado do ano em Santa Catarina. No Estado, o setor teve bom desempenho e registrou, de janeiro a setembro, uma alta de 3,4%. O número positivo é puxado pela indústria da transformação, especialmente na produção de produtos de metal, de máquinas e equipamentos, e de veículos automotores. 

Outubro

A indústria brasileira cresceu 1% em outubro, na comparação com o mês anterior. Entre os setores que ajudaram a elevar o índice no período estão a fabricação de produtos alimentícios (+12,3%), a fabricação de máquinas, aparelhos e materiais elétricos (+6,9%) e a fabricação de produtos farmoquímicos e farmacêuticos (+5%). 

No mês, as principais quedas foram registrados na indústria extrativista (-7,3%), na fabricação de produtos em madeira (-7,1%) e na metalurgia (-8%).






logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br