Investimentos

Número de mulheres investidoras mais do que dobrou no último ano

Mesmo com aumento, participação feminina representa apenas 23% dos investidores na bolsa

Foto: Freepik/Divulgação

A participação de mulheres no mundo dos investimentos cresceu substancialmente no ano passado. De acordo com o relatório da Bolsa de Valores de São Paulo, o número de mulheres investidoras no último ano aumentou 116%, passando de 179 mil em 2018 para 388 mil em 2019.

Os investimentos realizados por mulheres em 2019 corresponderam a R$ 79 bilhões, o maior desde 2002 quando os dados começaram a ser compilados. No entanto, mesmo com esse crescimento as mulheres representam apenas 23% dos investidores na Bolsa.

"A internet tornou mais fácil obter informações sobre investimentos e gestão de finanças pessoais. É o caso do portal www.suasaudefinanceira.com.br, onde é possível encontrar conteúdos em texto e vídeo, além de materiais gratuitos para download como planilhas e simuladores. O objetivo é descomplicar o mundo das finanças e melhorar a relação das pessoas com o dinheiro", explica a especialista em investimentos e educação financeira da Unicred SC/PR, Vivien Aucar.

Ela acrescenta que "a partir do momento em que as pessoas começam a praticar hábitos financeiros saudáveis no dia a dia, elas conseguem ajustar o orçamento, estabelecer prioridades e criar a rotina de poupar todos os meses. É um processo de autoconhecimento".

mais sobre:

Economia Unicred


logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br