acordo

Empregadores e trabalhadores entregam proposta do mínimo regional ao governo de SC

Foto: Felipe Scotti/Fiesc

Representantes das federações empresariais, das centrais sindicais e das federações de trabalhadores de Santa Catarina entregaram nesta segunda (8) ao governador Carlos Moisés da Silva a proposta de consenso de atualização do mínimo regional para 2021. Agora a proposta deve ser transformada em projeto de lei a ser encaminhado à Assembleia Legislativa para aprovação.

Em Santa Catarina, o valor do piso salarial sempre foi acordado entre empregadores e trabalhadores, desde que foi instituído, há 11 anos. Os pisos acordados para as quatro faixas foram de R$ 1.281, R$ 1.329, R$ 1.404 e R$ 1.467. A atualização média foi de 5,45%. A negociação foi encerrada no dia 20 de janeiro passado.

O presidente da Federação das Indústrias de SC (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar, destacou a relação harmoniosa entre os representantes dos trabalhadores e do setor produtivo. "Santa Catarina é um exemplo para o Brasil, onde as partes interessadas conseguem chegar num acordo, o que significa ceder dos dois lados e chegamos a um bom termo. A nossa solicitação é que o senhor envie em regime de urgência para a Assembleia", afirmou Aguiar ao governador.

Moisés enalteceu o diálogo entre trabalhadores e empregadores, salientando que isso contribui para o desenvolvimento do Estado. "Já é o terceiro projeto de lei que estamos encaminhando e reafirmamos nosso compromisso com o pedido de urgência ao encaminhar para a Assembleia", frisou.

"Para nós é um ato importante porque estamos entregando mais uma vez, pelo décimo primeiro ano, a negociação para atualização dos valores do piso salarial em SC e isso tem um significado muito grande para a classe trabalhadora", disse o representante dos trabalhadores, Ivo Castanheira, diretor da Federação dos Trabalhadores no Comércio (Fecesc).

Entre os representados na negociação, em janeiro, estiveram pelo lado empregador: Fiesc, Faesc, Fecomércio/SC, Fetrancesc, e Fehoesc. Pelo lado dos trabalhadores participaram Fecesc, Fetiesc, Fetiaesc, Força Sindical, Nova Central dos Trabalhadores, UGT, CUT, Fetaesc e Dieese. 



                            Piso Atual      Piso Proposto

Primeira Faixa        R$ 1.215        R$ 1.281

Segunda Faixa       R$ 1.260        R$ 1.329

Terceira Faixa         R$ 1.331        R$ 1.404

Quarta Faixa          R$ 1.391        R$ 1.467



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br