Crédito

BRDE vai disponibilizar mais de R$ 1 bilhão para retomada da economia

Valor é 45% maior do que previsto pelo Banco anteriormente. Santa Catarina terá R$ 336 milhões disponíveis para linhas de crédito

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Para o segundo semestre deste ano, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) irá disponibilizar mais de R$ 1 bilhão em financiamentos. O valor será divido igualmente entre Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, com R$ 336 milhões disponíveis para cada Estado.

O valor representa um aumento de 45% em relação ao que era previsto anteriormente, e foi viabilizado pela ampliação do limite de crédito do Banco junto ao BNDES. Os recursos serão disponibilizados em operações de longo prazo, permitindo investimentos nos mais diversos setores.

Segundo o diretor Financeiro do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra, esse reforço de crédito deve "alavancar a econômica local, permitindo uma forte recuperação do nível de emprego".

Os recursos disponibilizados integram um pacote milionário de crédito operado pelo BRDE em Santa Catarina. No fim de março, logo após o reconhecimento do status de pandemia, o banco disponibilizou R$ 100 milhões do próprio caixa para garantir capital de giro para micro, pequenas e médias empresas do Estado. 

Os empréstimos foram viabilizados através de parcerias com cooperativas de crédito e entidades como o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) que intermediaram as operações, de forma a agilizar os processos. 

"Quase R$ 60 milhões já foram disponibilizados aos interessados e o restante está em fase final de liberação. Até este momento formalizamos mais de 600 contratos, com valor médio de R$ 85 mil", explicou o diretor de Acompanhamento e Recuperação de Crédito do BRDE, Vladimir Arthur Fey.



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br