santa catarina

BRDE terá mais R$ 100 milhões para o turismo catarinense

Foto: Divulgação

Em cerimônia realizada na última sexta-feira (18), em Balneário Camboriú, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) anunciou a liberação de mais R$ 100 milhões para apoio ao setor turístico em Santa Catarina. O recurso será gerenciado na região Sul pelo BRDE via Fundo Geral de Turismo (Fungetur), do Ministério do Turismo.

Ao todo, o programa prevê destinar R$ 300 milhões para o segmento, divididos em valores iguais nos três estados do Sul. Em Santa Catarina, desde o início da pandemia, o BRDE já disponibilizou R$ 52 milhões para o setor. O recurso total anunciado para atender o estado é dez vezes maior do que o operacionalizado em 2019.

O governador Carlos Moisés participou do ato e enalteceu a iniciativa num momento importante para o setor turístico. "Santa Catarina tem o turismo como uma das forças econômicas, por isso, os recursos são essenciais para ajudar nesta retomada do setor afetado pela crise do Coronavírus", ressaltou.

O programa pretende disponibilizar capital de giro para empresas ligadas ao turismo, permitir a aquisição de máquinas e equipamentos turísticos, além de viabilizar a construção de novos empreendimentos ou reformas e obras de ampliação. Os investimentos em equipamentos e capital de giro terão carência de até 12 meses e outros 60 meses para pagamento. Já obras civis contam com 60 meses de carência e 240 meses para amortização da dívida. 

"Em 2019 o Banco disponibilizou R$ 15,7 milhões para empreendedores de Santa Catarina via Fungetur, valor que aumentou para 52 milhões em 2020. Com mais os R$ 100 milhões anunciados hoje, aumentamos dez vezes mais o recurso disponível para ajudar os empresários catarinenses", comemora o diretor financeiro do BRDE, Marcelo HaendchenDutra.

Um dos exemplos atendidos é o projeto turístico do Oceanário de Balneário Camboriú, que recebeu aporte desta linha de crédito, através do BRDE. O local é uma das mais novas atrações da cidade. "O banco vem se empenhando este ano para atender todas as regiões do Estado. Os recursos somam-se aos R$ 264 milhões que o BRDE, maior operador desta linha de crédito no Brasil, já havia executado até agora.", destaca o diretor de Acompanhamento e Recuperação de Crédito, Vladimir Arthur Fey.

A entrega destes valores envolve a união de esforços entre BRDE, Governo do Estado de Santa Catarina e Agência de Santa Catarina de Desenvolvimento do Turismo (Santur), garantindo mais fomento, manutenção e desenvolvimento do segmento turístico.

"Essa era uma das  principais necessidades do setor no enfrentamento dos impactos da pandemia", reforça o presidente da Santur, Leandro "Mané" Ferrari.





logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br