norte

Ágora Tech Park inaugura novos prédios e fortalece ecossistema de inovação e tecnologia

Foto: Ágora Tech Park/Divulgação

O ecossistema de inovação de Joinville ganha um impulso, neste mês de março, com a expansão do Ágora Tech Park, que anuncia simultaneamente dois prédios no próximo dia 28, dia em que completa dois anos de atividade. Ao todo, a expansão deve significar em torno de 30 novas empresas no espaço - que conta com uma área total construída de 14 mil m2 - muitas delas já em atividade desde o início do ano.

Quando foi inaugurado, há exatos dois anos, o Ágora Tech Park representou a "materialização" do ecossistema da maior cidade e "capital industrial" de Santa Catarina. No primeiro prédio, o Ágora HUB, se concentram os principais players deste setor: instituições como Acate, Fiesc, Sebrae/SC e Associação Brasileira de Internet Industrial, laboratórios de inovação de grandes empresas, startups, incubadora e coworking.

No segundo prédio, o Ágora MOB, estarão presentes empresas de tecnologia e de diversos outros segmentos com um objetivo em comum: usufruir do ambiente de inovação e conexão com startups, mentores e investidores para desenvolver projetos de open innovation e inteligência estratégica, além de expansão comercial. É o caso da Schulz (maior fabricante de compressores de ar da América Latina), da startup Transfeera, da multinacional de engenharia Buhler e da desenvolvedora de ERPs Sanhkya, entre outras.

Antes mesmo do prédio ser entregue, a taxa de ocupação já era de 65%. "O Ágora veio para ser um conector do ecossistema de inovação e tecnologia em Joinville, envolvendo a iniciativa privada, a academia e o poder público. Com isso, o potencial de desenvolvimento local se multiplica - o que torna o ambiente atrativo tanto para empresas quanto para profissionais, estudantes e investidores", explica Marcelo Hack, CEO do Perini Business Park, parque multissetorial onde o Ágora está instalado, ao lado de outras 240 empresas de 13 países que somam um faturamento anual de mais de R$ 5,2 bilhões/ano.

Outra novidade na infraestrutura do parque tecnológico é o Ágora DAT, um data center de última geração, com certificação TIER nível III e investimento superior a R$ 20 milhões feito pela Armazém Data Center, empresa de Brusque com mais de 10 anos de atuação e que atende mais de mil clientes no país, entre eles a Ambev e o Ministério Público de Santa Catarina. Trata-se do único datacenter privado, no sul do Brasil, a obter certificação TIER III de design e facility - o prédio está pronto e a operação deve iniciar nas próximas semanas.

Segundo Marcos Stefano, diretor de Desenvolvimento Estratégico na Armazém Data Center, a escolha do Ágora para o investimento se deve "ao potencial de estar associado a um ecossistema de inovação e tecnologia. Esta conexão foi determinante e acredito que será também uma turbina para nosso desenvolvimento". A empresa cresceu 25% em 2019, acima da média do setor de tecnologia.

Com os novos empreendimentos, o volume de pessoas trabalhando no parque tecnológico deve dobrar (serão cerca de 600 colaboradores). Um número que deve ser ainda maior no pós-pandemia, comenta o diretor executivo do Ágora, Jean Vogel. "Nos primeiros meses de atividade, antes da Covid, chegamos a ter uma média de um evento por dia no Ágora. O parque se tornou um ponto de encontro do ecossistema e, a partir da expansão, esta tendência será acentuada, especialmente quando os eventos presenciais voltarem". O masterplan prevê a construção de outros seis prédios ao longo de oito anos.

Mesmo com as limitações da pandemia, o Ágora é também um espaço de formação de novos empreendedores: por meio do programa NaSCer, da Fapesc e Sebrae/SC, e que é operado em Joinville pelo parque tecnológico foram graduadas 17 startups em duas turmas ao longo dos últimos meses. E em abril inicia a primeira turma da incubadora Softville Ágora, referência no desenvolvimento de startups na região e que faz parte de rede estadual com apoio do Sebrae/SC e metodologia da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate).


Cluster de Saúde leva inovação no atendimento a pacientes

Uma das âncoras do Ágora MOB é uma iniciativa de inovação em saúde liderada por grandes empresas do segmento: o Grupo Opty, o Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem e a varejista Clamed (que detém marcas como Drogarias Catarinense, Farmácia Popular, ProFormula e Farmagora) se uniram no projeto Ágora.Health, que conta com uma smart clinic oftalmológica e vai agregar também uma farmácia-conceito (com utilização de novas tecnologias e serviços de entrega e compra de medicamentos) e espaço para incubação de startups.

A Sadalla.Smart é uma clínica de olhos que vai utilizar processos automatizados e inteligentes em todo o processo de atendimento aos pacientes com base em plataformas de Internet das Coisas (IoT) e Data Analytics. No ambiente, os usuários terão à disposição equipamentos e sistemas de última geração. "O objetivo é modelar um sistema de atendimento inovador e integrado, aumentando o controle sobre as doenças, a eficácia do tratamento e a qualidade de vida do paciente", explica o médico oftalmologista Renan Oliveira, diretor de Inovação do Grupo Opty e presidente do Ágora.Health.

Até o final do primeiro semestre, será inaugurada a farmácia-conceito do Grupo Clamed, um ambiente de testes para inovar no atendimento ao consumidor, que inclui uma célula autônoma (vending machine) para compra de produtos que não precisam passar por farmacêuticos, um totem de autoatendimento e lockers para recebimento das encomendas. Há a possibilidade de testes de entregas via veículos elétricos e drones. "Para nós, o Ágora.Health é como uma provocação para potencializar o efeito de trabalho em rede. Queremos dar um passo a mais no que já se concebe como inovação", resume Diego Zagonel, fundador do CLIC, laboratório de inovação do Grupo Clamed.

O Ágora.Health faz parte do programa Perini City Lab, espaço de testes de tecnologias e serviços voltados às smart cities dentro do ambiente controlado e privado do parque industrial. Neste modelo, já foram validadas tecnologias como a plataforma de micromobilidade compartilhada da startup GoMoov, que já oferece em Joinville veículos elétricos para deslocamento e complemento à rede de transporte público.

"O impacto destas inovações e conexões geradas a partir do Ágora vai além da infraestrutura convencional de um parque tecnológico. Mais do que prédios, estamos ajudando a construir a economia digital do futuro, posicionando a região no mapa de inovação e ajudando a formar novos empreendedores", ressalta Jean Vogel, diretor executivo do Ágora.



Ágora Tech Park em números:

- 14 mil m2 de área construída

- 600 pessoas trabalhando (com novas operações - atualmente, 250 px)

- Mob: 65% de ocupação antes da inauguração / Hub: 100% ocupado;

- Masterplan prevê outros 6 prédios ao longo dos próximos 8 anos;


Entidades do ecossistema presentes: 

- Associação Catarinense de Tecnologia / programa de inovação aberta LinkLab e apoio à incubadora

- Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) / projeto FaberUp  

- Sebrae/SC 

- Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII)

- Communitech 

- Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ)

- Associação Brasileira da Indústria de Ferramentais (ABINFER)


Infraestrutura e programas de apoio e formação de novos empreendedores:

- Coworking Agora.Share

- Projeto NaSCer/Fapesc - Joinville

- Unidade do LinkLab Acate

- Incubadora Softville Ágora (parte da rede Miditec)

- Unidade do Programa de Capacitação StartupSC (turma Joinville)


Expansão em 2021:

- Inauguração da incubadora Softville Ágora

- Inauguração do Ágora MOB, segundo prédio do complexo, que levará 30 novas empresas (de tecnologia, indústria, serviços com foco em inovação) até o final do ano. 65% do prédio ocupado na inauguração.

- Cluster de saúde (Ágora.Health) com smart clinic, farmácia-conceito e espaço para startups e cocriação de projetos para este mercado;

- Inauguração do Ágora DAT, datacenter de última geração com investimento superior a R$ 20 milhões feito pela empresa catarinense Armazém Datacenter.







logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br