FATOS E INTERPRETAÇÕES
Coluna assinada pelo corpo docente da Unisul

A importância da Escola de Negócios, por José Ricardo Tavares

06 Março 2018 14:26:00

Independentemente dos modelos de gestão que hoje são conhecidos, pode até surgir novas práticas, mas o que importa é que esses modelos tenham como base a obrigatoriedade de transparência, accountability e controle social, com amplo acesso à informação e participação popular em todas as instâncias da gestão pública e privada. Este deve ser o mais lógico e prático caminho a ser percorrido para a conquista de uma administração direcionada aos anseios populares, isenta de corrupção e clientelismo, contudo, para tal, além de investimentos em estrutura física, qualificação e adequada valorização de servidores públicos e empregados privados, imprescindível a conscientização, educação e envolvimento de cada cidadão neste processo. 

Em 2017, foi lançada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a norma ABNT NBR ISO 37001:2017, que trata de Sistemas de Gestão Antissuborno, que passa a ser uma ferramenta de combate à corrupção a ser seguida pelos gestores públicos e privados. Para que a organização possa implementar um sistema de gestão contra o suborno é necessário que conheça profundamente o seu negócio. 

Tudo isso, tanto no setor privado como no setor público, passa na formação dos gestores que estarão na frente das organizações, sendo preponderante que bons cursos de Administração formem gestores, que devem estar preparados e capacitados para dar suporte necessário para que as coisas funcionem, além de planejadas, de forma organizada, controlada, coordenada e com comando. Não bastará para estes cursos manterem bons projetos pedagógicos e um bom corpo discente teórico. Como sempre cita o professor e administrador Nério Amboni em suas aulas, a "experiência do chão de fábrica" é imprescindível para a formação dos gestores em todos os níveis. 

Desta forma, existem ferramentas que podem atingir estes objetivos, como a criação de escolas de negócios, ligadas a um ou mais cursos de graduação, que capitaneiem empresas júniores, visando o exercício de atividades fins dos cursos. Nesse sentido, as Universidades estão apostando cada vez mais na criação das Escolas de Negócios.

Professor José Ricardo Tavares
Administrador e Advogado 
Coordenador do Curso de Administração na Unisul Unidade Florianópolis



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br