eleições 2018

Adjori/SC recebe certificado do Tribunal Regional Eleitoral

22 Novembro 2018 16:23:00

Entidade recebeu o agradecimento pelo apoio à campanha do TRE/SC

Foto: Murici Balbinot
Presidente da Adjori/SC, Miguel Ângelo Gobbi, em homenagem no Tribunal

Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina (Adjori/SC), representando os jornais associados, recebeu do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SC) um certificado de participação e o agradecimento pela colaboração na campanha "Eleição com participação é eleição sem corrupção". A solenidade aconteceu nesta quarta-feira (21) na sede do TRE/SC. A campanha promovida pelo Tribunal teve como objetivo combater a corrupção e informar candidatos, partidos políticos, doadores, fornecedores e eleitores sobre como contribuir para uma eleição ética e transparente no financiamento de campanhas. 

O evento certificou as entidades que assinaram a carta compromisso com o TRE/SC em julho deste ano, e que previa a cooperação das instituições na divulgação das ações de transparência e controle.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC), desembargador Ricardo Roelser, considera essa como sendo a "maior eleição da história do país". Um dos motivos apontados por ele, é que o pleito de 2018 registrou o maior valor destinado ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha, pouco mais de R$ 1,7 bilhão. Além disso, parte dos R$ 888 milhões destinados ao Fundo Partidário também foram usados para campanha. Os valores, explica Roesler, são fruto de uma reforma política aprovada em outubro de 2017 que priorizou o financiamento público para os candidatos. A reforma ainda prevê outras mudanças para o pleito de 2020.

Roesler diz que as mudanças obrigaram o TRE/SC a ter uma atuação forte. Foram eleições complexas e desafiadoras que exigiram inovação para combater as fake news e a corrupção, afirmou o desembargador. Além disso, o novo meio para arrecadar fundos de campanha demandou que o TRE/SC buscasse também novos meios para fiscalizar.

Contas

O Tribunal iniciou neste mês o julgamento das prestações de contas das candidaturas. Um dos maiores resultados da campanha foi o aumento do banco de notas fiscais eletrônicas, que está auxiliando na análise das prestações de contas feitas pelo TRE/SC. "Basicamente, nós queríamos que a sociedade soubesse onde buscar informações, onde ela poderia fiscalizar e que ações ela poderia tomar. Então, com a colaboração das entidades, nós atingimos todo o Estado com um nível de informação muito preciso, e com muita qualidade de instrução. Com isso, tivemos um acréscimo muito substancial dos bancos de dados de notas fiscais eletrônicas, que hoje estão fundamentando o cruzamento dos gastos de campanha eleitoral nos processos de campanha que o Tribunal julgará em breve", afirmou Denise Schlickmann, secretária de controle interno e auditoria do Tribunal catarinense.

Instituições apoiadoras da campanha

As demais instituições participantes foram Assembleia Legislativa (Alesc); Associação de Diários do Interior (ADI/SC); Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert), Associação Catarinense do Ministério Público, Associação Contas Abertas, Associação dos Magistrados Catarinenses, Ajufesc; Celesc; Conselho Regional de Administração; Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina; Delegacia da Receita Federal do Brasil em Florianópolis; Federação Catarinense de Municípios; (Fecam); Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc); Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL); Federação das Indústrias (Fiesc); Federação do Comércio de Bens e Serviços (Fecomércio/SC); Fundação Escola de Governo ENA; Governo do Estado de Santa Catarina; Justiça Federal ; NSC TV; TCE de Santa Catarina; Tribunal de Justiça; TV Catarina, Univali; Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc); Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina; Sest Senat; OAB/SC, Procuradoria Geral de Justiça do Estado de Santa Catarina; Procuradoria Regional Eleitoral; Rede de Controle da Gestão Pública de Santa Catarina; RIC TV Record, SBT e os partidos políticos de Santa Catarina MDB e PATRI.


"Essa foi a maior eleição da história", disse Roesler. Foto: Murici Balbinot



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br