ARTIGOS

artigo

Reafirmando compromissos, com ainda mais democracia, por Rafael Horn

Vivemos, em 2020, momentos angustiantes em nossas vidas. Cada um de nós com nossos dramas pessoais, profissionais e institucionais, que trazem experiências inéditas e, principalmente, muito aprendizado com a pandemia.

E momentos como estes, de crise mundial sanitária, política, social, econômica e institucional, chamam à responsabilidade instituições como a OAB, que têm a missão de promover o debate, o conhecimento, sem preconceitos, sem ideologias, sem sectarismo, mas sim, com o pensamento flexível, aberto à inovação.

Eis a razão de a OAB catarinense estar realizando, neste agosto, o Mês da Advocacia, com destaque para o congresso "Impactos da nova era jurídica na advocacia", o maior evento jurídico deste ano em Santa Catarina, e totalmente on-line. Não apenas para celebrar nossa profissão, mas para reafirmar nossos compromissos com a sociedade e, principalmente, debater o futuro da advocacia e de nossa instituição, com reflexos inequívocos na sociedade. Durante todo este mês, teremos 100 horas de congresso, 250 palestrantes e 62 painéis tratando de múltiplos temas de interesse da classe e da cidadania.

Mais do que um esforço pelo fomento ao conhecimento em um momento tão importante de nossa história, houve também uma escolha por ainda mais democracia em nossa Ordem quando a programação do Mês da Advocacia foi desenhada. E a opção pela realização de um evento on-line está permitindo, de forma inédita, que advogados e advogadas de todo o Estado participem, além de ofertarmos inscrição totalmente gratuita para a advocacia catarinense.

Sem passar por escolhas democráticas, certamente não teríamos construído um evento de tamanha importância para a advocacia catarinense, com a discussão dos mais diversos temas de seu interesse, a reforçar nosso protagonismo institucional. Protagonismo este que se faz presente ainda nas mudanças - mais uma vez, impulsionadas pela democracia - que estamos buscando no sistema eleitoral da OAB.

Nosso Conselho Estadual acaba de atender recomendação de nosso Colégio de Presidentes de Subseção e, assim, de reformular o procedimento de escolha da lista sêxtupla para o quinto constitucional em Santa Catarina, que passará a ser eleita por toda a advocacia catarinense mediante votação online pela internet. Da mesma forma, já manifestamos ao Conselho Federal da nossa Ordem pleito pelo aperfeiçoamento de regras que nos conduzam também a eleições diretas para a Diretoria da OAB nacional.

O avanço da ciência e da tecnologia nos traz novidades diárias e nos impõe um modelo disruptivo, que nos leva a dirigir horizontalmente a OAB, com um pensamento flexível, ouvindo, debatendo e amoldando nosso rumo e nossas decisões, objetivando cumprir, com a maior eficiência, e cada vez de forma mais democrática, nossos compromissos com a advocacia e a sociedade.

Deste modo, acreditamos que deixaremos um legado de uma gestão ainda mais eficiente, inovadora e inclusiva, a aprimorar nosso projeto coletivo de Ordem.

Rafael Horn, presidente da OAB/SC



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br