ARTIGOS

artigo

'Nunca tantos deveram tanto a tão poucos', por Michel Scaff

Peço licença à História para estabelecer um paralelo entre a célebre frase do Primeiro Ministro britânico Winston Churchill, dita após a aguerrida batalha aérea nos céus de Londres em 1940, com a situação que o mundo enfrenta hoje. Ao proclamar que "nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos", ele reconheceu o valor e a dívida da nação com aqueles que estavam na linha de frente e que, através da doação e riscos de suas próprias vidas, com espirito inquebrantável, contribuíram para a preservação da vida de milhares.

Estamos travando há praticamente 365 dias, em todo o mundo, uma luta incessante contra um inimigo invisível, a COVID-19, diante da qual milhares já sucumbiram. Porém, milhões de pessoas venceram o desafio e conseguiram se recuperar. E aqui, como lá em 1940, nossa sociedade tem uma dívida de gratidão para com aqueles que estão na linha de frente desta batalha, expostos a muitos e graves riscos, para preservação das vidas de todos.

A Fundação de Apoio ao Hemosc/Cepon (FAHECE), instituição filantrópica, sem fins econômicos, administrada por voluntários, e que completa neste mês de março, 27 anos como responsável pela gestão do HEMOSC e CEPON, vem a público manifestar o seu reconhecimento e agradecer a cada um dos seus 1500 colaboradores das três unidades de saúde que estão na linha de frente desta batalha.

O bravo HEMOSC que, mesmo diante de adversidades, luta incansavelmente para manter o nível adequado de estoque de sangue à disposição da sociedade, com a mesma qualidade e segurança dos tempos de normalidade.

O valoroso CEPON que, além de trazer esperança aos 60 mil pacientes ativos diagnosticados com câncer, trava agora uma luta simultânea com a COVID-19 e, como o Hemosc, garantindo o mesmo nível de excelência que sempre lhe caracterizou.

Incluo também aqui a nossa mais nova unidade, que presta serviço especializado a prefeituras de Santa Catarina, o Laboratório de Anatomia Patológica, cujo corpo de colaboradores, como no Hemosc e no Cepon, atua com idêntica responsabilidade.

A todos esses profissionais abnegados, dedicados e comprometidos, em nome da FUNDAÇÃO e da sociedade, nossa mais profunda admiração, apreço e acima de tudo gratidão.


Por Michel Scaff, presidente da Fundação de Apoio ao HEMOSC/CEPON (FAHECE)




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br