ARTIGOS

Artigo

Marco Legal das Startups, por Angela Amin

Foto: Divulgação

A Câmara dos Deputados aprovou na última segunda-feira (14) aquele que considero um dos mais importantes projetos de lei no âmbito da retomada da atividade econômica do país no período pós-pandemia: o Marco Legal das Startups.

Tenho muita satisfação e muito orgulho de ter trabalhado, na condição de membro da Comissão Especial que discutiu a matéria e como vice-presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara, para a construção de um texto moderno, objetivo, que confere segurança jurídica a empreendedores e também aos investidores.

Mercado que cresce em todo o mundo, a área da tecnologia e da inovação exige mão de obra qualificada. Neste sentido, reiterei meu ponto de vista de que dentre as várias vertentes que o tema abrange, talvez nenhuma seja mais importante do que a preparação do capital humano indispensável para esse novo e promissor mundo de negócio.

De nada adianta uma grande ideia, investidores dispostos a fazer o aporte necessário para executá-la se não temos capital humano para seu desenvolvimento. Por isso, entendo ser de fundamental importância que a nova legislação seja fator estimulador da parceria com a academia para formação de mão de obra qualificada.

Outro ponto que destaquei foi a necessidade de permitir que a inovação definitivamente seja incorporada ao setor público, para que o cidadão venha a ser beneficiado dos avanços tecnológicos que cada vez mais vêm transformando nosso cotidiano.

O exemplo de Florianópolis e de Santa Catarina, onde desde a década de 1980 a indústria da inovação vem recebendo apoio e estímulo, é referência e farol para a expansão desse mercado em todo Brasil.


Por Angela Amin, deputada Federal (PP)




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br