ARTIGOS

artigo

A força do comércio no ano mais difícil, por Ivan Roberto Tauffer

Chegar ao fim de 2020, esse que foi o mais difícil dos últimos anos, com os resultados que estamos testemunhando evidencia a força do comércio catarinense, formado principalmente por micro e pequenas empresas. Não temos clima de festa, pois os desafios ainda são grandes, mas temos, sim, conquistas que merecem ser celebradas. 

O ano de 2020 exigiu e ainda está exigindo muito de todos, paciência, empatia e responsabilidade. Dos empresários, exigiu também muita criatividade para que portas não fechassem de vez e funcionários não fossem demitidos. Aos poucos, mês a mês, conseguimos avançar e os sinais otimistas foram aparecendo. Logo no início da pandemia, a FCDL/SC lançou campanhas como "Comércio Consciente", disseminando a importância das práticas que podem preservar a saúde dos envolvidos, e "A gente se reinventa", com foco em estimular o comércio local. Ações compartilhadas com 209 Câmaras de Dirigentes Lojistas e 44 mil associados.

Foram registrados impactos significativos nas vendas de datas importantes como dia das mães, dia dos namorados e dia dos pais. Mas embora com queda nas vendas na comparação com o ano anterior, quando estávamos sem pandemia, os indicadores não foram tão negativos como previstos. No dia das crianças, tivemos um resultado muito positivo, com aumento de 2,90% nas vendas. E na Black Friday, tivemos como destaque as vendas on-line, impulsionadas pela nossa vitrine virtual QCompras (www.qcompras.com.br). A FCDL/SC também apoia os lojistas no processo de certificação digital, que facilita procedimentos como a emissão de notas fiscais eletrônicas e insere as empresas cada vez mais no mundo virtual.

Agora, chegamos ao fim do ano, com a projeção de 5% de aumento nas vendas para o Natal 2020 pela maioria dos lojistas catarinenses, na comparação com 2019. O tíquete médio previsto é de R$ 198,00. Terminamos o ano com uma campanha de Natal que traz como tema a valorização da solidariedade, com o slogan "Se representa o amor representa o Natal". As peças trazem ainda uma mensagem de incentivo ao comércio local. Um discreto otimismo toma conta dos varejistas, que encontrarão uma nova forma de se relacionar com o cliente, agilizando a entrega, caprichando no atendimento e valorizando tanto a forma física quanto a on-line para facilitar o acesso aos produtos. E que venha 2021.


Por Ivan Roberto Tauffer, presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC)




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br